Terça-feira
15 de Outubro de 2019 - 
Silva & Sant Anna Soluções Profissionais para o seu Negócio
Eis que as coisas velhas já passaram, e tudo se fez novo. 2 Co 5:17

Controle de Processos

Por favor, entre com o seu usuario e senha

Newsletter

Deixe seu email para enviarmos nossos informativos.

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Fale Conosco

Rua Luiz Bianconi 92 
Jardim Carlos Cooper
CEP: 08664-250
Suzano / SP
+55 (11) 42920279

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,13 4,13
EURO 4,55 4,55
IENE 0,04 0,04

Previsão do tempo

Hoje - Guarulhos, SP

Máx
25ºC
Min
18ºC
Chuva

Hoje - Campinas, SP

Máx
30ºC
Min
17ºC
Pancadas de Chuva a

Hoje - Mogi das Cruzes...

Máx
25ºC
Min
18ºC
Chuva

Hoje - São Paulo, SP

Máx
26ºC
Min
19ºC
Chuva

Hoje - Suzano, SP

Máx
26ºC
Min
19ºC
Chuva

Desembargador que se despediu do PJ paulista assumirá cátedra na Universidade Europeia

Magistrado continuará atuando nas relações luso-brasileiras.           O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, homenageou, hoje (8), no Gabinete da Presidência, o colega Marco Antonio Marques da Silva com a entrega do livro “Justiça de São Paulo: entre história e futuro” e com agradecimentos “pelos relevantes serviços prestados à instituição, destacados pela dedicação e excelência profissional no exercício da Magistratura paulista”. O passado e o futuro são congruentes com a nova jornada profissional do desembargador Marco Antonio Marques da Silva, que teve a aposentadoria publicada no Diário da Justiça Eletrônico de ontem (7).         O desembargador – que preside a Academia Brasileira de Direito Criminal, é diretor da Academia de Jurisprudentes de Língua Portuguesa Lisboa/Portugal e preside a Cátedra Sérgio Vieira de Mello (PUC-SP e Acnur/ONU) – continuará na Comissão de Assuntos Institucionais entre o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e Faculdades de Direito. Mas, a partir de hoje, sua vida se volta, principalmente, para a área acadêmica como professor visitante na Universidade de Lisboa (há 12 anos), titular na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e, agora, catedrático na Universidade Europeia.         “A cada dia temos a possibilidade de um recomeço. Com o mesmo espírito, entusiasmo e vivacidade com que ingressei na Magistratura, prossigo na área acadêmica, na área de consultoria e orientação, fazendo aquilo que sempre me animou: ajudar o próximo. Trabalharei nas relações luso-brasileiras que tanto nos animam, atuando na Faculdade de Direito da Universidade Europeia e na Universidade de Lisboa. Continuarei, como diria Camões, ‘além-mar’”, disse ao agradecer a deferência do presidente do TJSP. “Na Magistratura, aprendi pluralismo, democracia e respeito. A Corte paulista é um exemplo não só para o Brasil, mas para o mundo, de verdadeira Justiça e de percepção dos problemas sociais. Ao contribuir com a sociedade, ao impactar positivamente na vida do outro, estamos ajudando a nós mesmos, nos tornamos pessoas melhores. Trabalhar por um mundo mais humano e digno: isso que o Tribunal de Justiça de São Paulo me ensinou nesses quase 36 anos de Magistratura e que levarei pelo resto da minha vida.”         A última sessão do desembargador Marco Antonio Marques da Silva, na quinta-feira (3), contou com a presença de amigos, familiares e servidores.                    imprensatj@tjsp.jus.br
08/10/2019 (00:00)
Visitas no site:  110413
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia