Sexta-feira
23 de Agosto de 2019 - 
Silva & Sant Anna Soluções Profissionais para o seu Negócio
Eis que as coisas velhas já passaram, e tudo se fez novo. 2 Co 5:17

Controle de Processos

Por favor, entre com o seu usuario e senha

Newsletter

Deixe seu email para enviarmos nossos informativos.

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Fale Conosco

Rua Luiz Bianconi 92 
Jardim Carlos Cooper
CEP: 08664-250
Suzano / SP
+55 (11) 42920279

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,04 4,04
EURO 4,48 4,49
IENE 0,04 0,04

Previsão do tempo

Hoje - Guarulhos, SP

Máx
20ºC
Min
10ºC
Pancadas de Chuva a

Hoje - Campinas, SP

Máx
24ºC
Min
11ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Mogi das Cruzes...

Máx
21ºC
Min
11ºC
Pancadas de Chuva a

Hoje - São Paulo, SP

Máx
18ºC
Min
13ºC
Pancadas de Chuva

Hoje - Suzano, SP

Máx
18ºC
Min
13ºC
Pancadas de Chuva

“Deusa da Justiça” embeleza entrada do Fórum da Barra Funda

Policial militar é o criador da obra de arte.     Desde sexta-feira (10), quem entra pela porta principal do Complexo Judiciário Ministro Mário Guimarães, mais conhecido como “Fórum da Barra Funda”, será recepcionado pela escultura da “Deusa da Justiça”. O autor da peça é o artista plástico Joaquim de Lima Sales, um cabo da Polícia Militar de São Paulo de 46 anos e inegável talento. Integrante da corporação há 15 anos, Sales começou a desenvolver sua habilidade para as artes bem antes disso, há 25 anos. Durante esse período criou dezenas de peças espalhadas pelo país, algumas expostas até no exterior, como em Veneza, na Itália. Tendo a Justiça como inspiração predominante, Joaquim Sales tem obras que foram presenteadas para dois ministros do Supremo Tribunal Federal: Alexandre de Moraes, que foi agraciado com uma escultura de Sales pela promotora Carmen Pavão, e a ex-presidente da Corte, ministra Carmen Lúcia, que recebeu uma obra entregue pela juíza Tatiane Moreira Lima, do próprio Fórum da Barra Funda.     O diretor do fórum criminal e titular da 5ª Vara de Execuções Criminais, juiz Paulo Eduardo de Almeida Sorci, conheceu Sales há alguns anos, oportunidade em que o policial se apresentou também como artista plástico. A revelação despertou a curiosidade de Sorci em conhecer o trabalho do policial-artista. “A real intenção que culminou com a inauguração de hoje é trazer mais harmonia e leveza ao ambiente sisudo e muitas vezes até pesado, que caracteriza o cotidiano do fórum criminal, onde convivem policiais militares, promotores, magistrados, servidores e a população em geral”, afirmou o magistrado.     Prestigiaram a solenidade de entrega da obra de arte ao fórum criminal juízes, promotores, defensores públicos, servidores e público em geral.       Comunicação Social TSJP – RP (texto) / KS (fotos)     imprensatj@tjsp.jus.br
13/05/2019 (00:00)
Visitas no site:  85050
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia