Segunda-feira
23 de Setembro de 2019 - 
Silva & Sant Anna Soluções Profissionais para o seu Negócio
Eis que as coisas velhas já passaram, e tudo se fez novo. 2 Co 5:17

Controle de Processos

Por favor, entre com o seu usuario e senha

Newsletter

Deixe seu email para enviarmos nossos informativos.

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Fale Conosco

Rua Luiz Bianconi 92 
Jardim Carlos Cooper
CEP: 08664-250
Suzano / SP
+55 (11) 42920279

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,17 4,17
EURO 4,59 4,59
IENE 0,04 0,04

Previsão do tempo

Hoje - Guarulhos, SP

Máx
14ºC
Min
12ºC
Possibilidade de Chu

Hoje - Campinas, SP

Máx
15ºC
Min
11ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Mogi das Cruzes...

Máx
16ºC
Min
11ºC
Possibilidade de Chu

Hoje - São Paulo, SP

Máx
16ºC
Min
12ºC
Possibilidade de Chu

Hoje - Suzano, SP

Máx
16ºC
Min
12ºC
Possibilidade de Chu

TJSP na Mídia: artigo do decano do TJSP aborda trabalho dos magistrados

Texto foi veiculado pelo site Migalhas.       O site Migalhas, especializado em matérias jurídicas, publicou hoje (23) artigo do desembargador José Carlos Gonçalves Xavier de Aquino, decano do Tribunal de Justiça de São Paulo, com o título “Juízes enxugam gelo ao sol do meio-dia”. O texto aborda a atividade dos magistrados em uma “sociedade conflituosa”, como descreveu o desembargador. Ele cita o psiquiatra e escritor Augusto Cury e seu trabalho sobre Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA). Para o especialista, classes profissionais que atuam na sustentabilidade do funcionamento da sociedade têm uma sobrecarga de trabalho inumana - entre elas, a Magistratura.     “Os juízes parecem enxugar gelo sob o sol do meio-dia numa sociedade conflituosa, que, vitimada pela SPA e pelas armadilhas da mente, tem pouca habilidade para proteger sua emoção e resolver conflitos pacificamente, optando por instrumentos jurídicos processuais”, escreveu Xavier de Aquino. E completou: “São mais de 100 milhões de processos no Brasil para um número inexpressivo de menos de 20 mil juízes”.     Para o magistrado, além da sobrecarga de trabalho e eventuais ameaças externas, “o primeiro e o pior inimigo é mesmo o que vem de dentro, decorrente do esmagamento da qualidade de vida pela sobrecarga do trabalho intelectual exercido”. Tais fatores, em sua opinião, tornaram a carreira menos atrativa.     Leia a íntegra do artigo.            imprensatj@tjsp.jus.br
23/05/2019 (00:00)
Visitas no site:  100031
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia