Domingo
20 de Junho de 2021 - 
Silva & Sant Anna Soluções Profissionais para o seu Negócio
Eis que as coisas velhas já passaram, e tudo se fez novo. 2 Co 5:17

Controle de Processos

Por favor, entre com o seu usuario e senha

Newsletter

Deixe seu email para enviarmos nossos informativos.

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Fale Conosco

Rua Luiz Bianconi 92 
Jardim Carlos Cooper
CEP: 08664-250
Suzano / SP
+55 (11) 42920279

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,03 5,03
EURO 5,97 5,97
IENE 0,05 0,05

Visita telepresencial em comemoração à memória do TJSP recebe pessoas de todo país

Evento virtual foi aberto ao público. Em virtude do Dia da Memória do Poder Judiciário, comemorado na segunda-feira (10), a semana foi marcada por uma série de eventos comemorativos alusivos à data, dando ao público a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a história do Tribunal de Justiça de São Paulo. Na manhã desta sexta-feira (14), magistrados, servidores e pessoas de todo o país puderam acompanhar visita guiada pelo Palácio da Justiça e Museu do Tribunal, além de conhecer as atividades da Coordenadoria de Gestão Documental e Arquivos do TJSP. O tour foi iniciado com um vídeo de boas-vindas do presidente do TJSP, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco. Em seguida, a coordenadora do Museu do Tribunal de Justiça, desembargadora Luciana Almeida Prado Bresciani, agradeceu a presença dos cerca de 150 participantes. ”Vê-los alegra nosso coração por termos a certeza da existência desse interesse em visitar nossa Corte e nosso Museu, um passo para conhecer ainda mais sobre a nossa rica história. Com base nela, poderemos melhor construir o futuro e ser parte integrante da história que ainda está sendo construída”, afirmou. A magistrada também aproveitou para homenagear o desembargador Nelson Fonseca, falecido na última sexta-feira (7), pai da desembargadora Claudia Lucia Fonseca Fanucchi e do juiz substituto em 2º Grau Nelson Fonseca Junior. A desembargadora Ligia Cristina de Araújo Bisogni elogiou a iniciativa. “Ao longo do tempo, é possível pontuar a evolução, o trabalho e o caminho percorrido por esta Corte. A visita virtual nos mostra a construção de uma época. Vemos, com muita nitidez, o que se exaltava naquele momento histórico. Com o avanço dos tempos, teremos condições de mostrar novas facetas e novos cenários”, falou. O integrante do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname) e diretor do Foro Regional de Itaquera, juiz Carlos Alexandre Böttcher, discorreu sobre a importância de se preservar tão rico patrimônio cultural, que é “não apenas da Justiça de São Paulo, mas de todos os brasileiros”. “Quando falamos de memória enquanto patrimônio cultural, temos que pensar que todos esses espaços devem promover cidadania”, disse, fazendo referência ao lançamento, na próxima terça-feira (18), da primeira visita telepresencial acessível em libras e também legendada. As equipes envolvidas na realização da visita mostraram detalhes dos prédios e das peças em exposição, além de informações históricas. Em seguida, o público conferiu o trabalho desenvolvido pela preservação e valorização da memória presente em documentos e processos do Tribunal de valor reconhecido. Os participantes interagiram enviando comentários pelo chat ao longo do evento e tirando dúvidas ao final das apresentações. Prestigiaram a visita o ex-presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) desembargador Tutmés Airan de Albuquerque Melo; o juiz curador do Centro de Cultura e Memória (CCM) do TJAL, Claudemiro Avelino de Souza; o juiz do TJAM Paulo Fernando de Britto Feitoza; a juíza de Guaratinguetá Katia Margarido Barroso; a diretora do CCM do TJAL, Irina Costa; a coordenadora de Biblioteca e Museu do TSE, Eveline Mesquita Lucas; integrantes de outros tribunais, entre eles, Justiça Federal do Rio Grande do Sul, Tribunal Regional Eleitoral do Acre, Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, Tribunal de Justiça do Amazonas, Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Tribunal de Justiça de Pernambuco, Tribunal de Justiça de Santa Catarina e Tribunal de Justiça do Rio Grande Sul; os alunos do Núcleo de Estudos em História e Memória (NEHM) da EPM, em modalidade de extensão universitária, sob a coordenação da desembargadora Luciana Almeida Prado Bresciani e do juiz Carlos Alexandre Böttcher; a professora da Universidade Federal da Bahia Heloísa Helena Costa; os servidores do TJSP da capital e do interior; restauradores; historiadores; museólogos; e público em geral.   imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais:  www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
14/05/2021 (00:00)
Visitas no site:  335877
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia